HOMENAGEM À MEMÓRIA DE LUCIO BELENTANI NOTA DE PESAR DA COORDENAÇÃO NACIONAL DA UNIDADE CLASSISTA

Foi com muita surpresa e pesar que recebemos, nesta quarta-feira, 19/06/2019, a notícia do falecimento do camarada Lúcio Belentani, histórico militante de uma das mais ousadas iniciativas do PCB durante a ditadura militar: organizar os trabalhadores da Volkswagen para a luta de classes a partir do chão da fábrica.

No período histórico em que vivemos hoje, em que as organizações, correntes e partidos ligados aos trabalhadores repetem como um mantra a necessidade de se retomar o contato com as massas a partir do trabalho de base, a história de vida de Lúcio Belentani é um exemplo de como realizar com êxito tal tarefa. Seu trabalho como organizador dos trabalhadores da Volks era reconhecido pelos operários e assustou a direção da empresa, que sentia os efeitos desse trabalho nas reivindicações e ações dos trabalhadores em busca de mais e melhores direitos. Em associação à ditadura, a Volkswagen denunciou Lúcio e os demais camaradas comunistas dentro da fábrica, o que resultou em sua prisão e tortura nos porões do DOPS.

Mesmo após esses acontecimentos terríveis, Lúcio Belentani manteve-se ativo na luta dos trabalhadores e recentemente dividiu sua experiência com a militância jovem, contribuindo para forjar uma nova geração de lutadores a partir da base.

A Coordenação Nacional da Unidade Classista se solidariza com os familiares e amigos de Lúcio Belentani neste momento de perda. A memória deste lutador nunca será esquecida por nós!

 

CAMARADA LÚCIO BELENTANI, PRESENTE!

Coordenação Nacional da Unidade Classista

HOMENAGEM À MEMÓRIA DE LUCIO BELENTANI NOTA DE PESAR DA COORDENAÇÃO NACIONAL DA UNIDADE CLASSISTA