Luta dos professores de Cubatão alcança vitória

Após a ousada ocupação da secretaria de Educação, realizada na última terça-feira (27/03), os professores de Cubatão arrancam negociação com o governo local.

Os professores da cidade paulista de Cubatão agiram com ousadia diante dos ataques que a administração municipal, liderada pelo prefeito Ademario Oliveira (PSDB), vinha sistematicamente inflinginda à categoria. Após deliberação coletiva decidiram ocupar as dependências da secretaria de Educação, que fica dentro do paço municipal. Tal decisão foi fundamental para reabrir as negociações com o governo.

Apoiados por grande parte da categoria, que se reuniu na porta do paço, fazendo barulho e denunciando publicamente a truculência e a falta de compromisso com o povo trabalhador da cidade, os professores da ocupação conseguiram tirar o governo de sua zona de conforto, tendo que receber e ouvir a categoria. O governo reconheceu a demanda dos docentes e se comprometeu a pagar de volta aos professores os valores indevidos que foram descontados no salário de março até o dia 10 de abril; divulgar calendário de reposição dos valores descontados indevidamente nos salários de fevereiro e janeiro; e por fim, abrir discussão com a categoria de modo a revogar os dois decretos municipais que vêm prejudicando a educação no município.A categoria promete manter a mobilização e retomar a luta, caso a administração não cumpra com os compromissos assumidos.

Mais uma vez ficou provado que a luta organizada do trabalhador é a única forma de manter direitos e avançar para a conquista de melhores condições de trabalho, renda e vida. Seguimos lutando!

Unidade Classista – Baixada Santista

Luta dos professores de Cubatão alcança vitória