MTST ocupa Secretaria de Habitação de SP

Bandeira do MTST fixada na entrada da Secretaria Estadual de Habitação de São Paulo.

Ontem, dia 6 de dezembro (quarta-feira), militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) ocuparam a Secretaria Estadual de Habitação de São Paulo. A ação está sendo realizada por moradores da ocupação Povo Sem Medo, deflagrada no ABC paulista no início de setembro. O Movimento exige que Governo Alckmin garanta a construção de moradias populares para cerca de 8 mil famílias, instaladas em um grande terreno localizado na cidade de São Bernardo do Campo, abandonado há mais de três décadas pela construtora MZM.

A Ocupação Povo Sem Medo já completou mais de três meses e, ao longo deste período, tem recebido o apoio de artistas, personalidades, movimentos e organizações políticas. No dia 30 de outubro, o espaço seria palco de um ato show do cantor Caetano Veloso. Porém, uma decisão judicial da 2ª Vara de Fazenda Pública de São Bernardo do Campo proibiu a apresentação cultural, aumentando a indignação dos moradores. “É a primeira vez que sou impedido de cantar no período democrático”, afirmou Caetano na ocasião.

No dia seguinte, 31 de outubro, mais de 10 mil pessoas marcharam por 27 quilômetros até o Palácio do Governo, na zona sul da capital paulista. Representantes do Movimento chegaram a ser recebidos, mas até hoje não foram apresentados resultados concretos.

Conforme afirma a notícia publicada na página* do MTST, “na próxima segunda-feira, dia 11/12, ocorrerá a reunião do Gaorp/TJ que decidirá sobre o destino da ocupação. Por isso a manifestação de hoje. O MTST permanecerá por tempo indeterminado acampado na Secretaria, buscando uma solução que assegure o direito à moradia das 8 mil famílias que ocupam o terreno e evite um despejo, que seguramente se transformaria numa tragédia social.”

A Unidade Classista entende que a luta popular em São Bernardo do Campo, bem como toda as lutas dos trabalhadores pelo direito à moradia digna, é uma causa mais do que justa. É uma luta necessária para garantir o que os governos a serviço do capital fazem de tudo para evitar: colocar a vida das famílias trabalhadoras acima da propriedade privada e da especulação imobiliária.

 

* http://www.mtst.org/noticias/mtst-ocupa-e-acampa-na-secretaria-de-habitacao-de-sp

 

 

 

 

 

MTST ocupa Secretaria de Habitação de SP