Nota da Unidade Classista sobre o recuo das centrais em relação à greve nacional

 

Reunida em Fortaleza (CE), a Executiva Nacional da Unidade Classista recebeu com indignação a notícia do cancelamento da Greve Nacional de 05/12.
Somos obrigados a, mais uma vez, repudiar a capitulação das centrais sindicais que decidiram suspender a paralisação, a qual já havia sido aprovada em diversas categorias importantes em várias regiões do país.
Entretanto, esta situação não nos surpreende. Não podemos esperar nada de diferente de centrais que não possuem qualquer compromisso com os interesses da classe trabalhadora.
Esperamos que, depois de mais uma rendição das grandes máquinas sindicais diante do capital e seu governo de plantão, o campo classista enfim supere sua fragmentação e avance na reorganização da classe trabalhadora.
Estamos convencidos de que a manutenção das mobilizações em 05/12 é uma tarefa concreta fundamental nesse sentido.
A Unidade Classista orienta sua militância a sustentar a ofensiva mantendo as greves e manifestações onde for possível, de acordo com as condições de cada categoria.

 

FORA TEMER!

 

ABAIXO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA!

 

Executiva Nacional da Unidade Classista

 

Secretaria Sindical Nacional do PCB

 

Fortaleza, 01 de dezembro de 2017

Nota da Unidade Classista sobre o recuo das centrais em relação à greve nacional